terça-feira, abril 05, 2005

 

O Florir




O florir do encontro casual

Dos que hão sempre de ficar estranhos...


O único olhar sem interesse recebido no acaso

Da estrangeira rápida ...


O olhar de interesse da criança trazida pela mão

Da mãe distraída...


As palavras de episódio trocadas

Com o viajante episódico

Na episódica viagem ...

Grandes mágoas de todas as coisas serem bocados...

Caminho sem fim...

Álvaro de Campos


|



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?